nova fronteira

by Davi Bernardo

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
03:25
2.
04:11
3.
4.
5.
03:30
6.
04:15
7.
02:12
8.

about

Recorded in Pouso Alegre-MG, Brazil (2009/2010)

credits

released June 1, 2010

tags

license

all rights reserved

about

GALOPE DISCOS Pouso Alegre, Brazil

A Galope Discos é um selo de música experimental, radicado na cidade de Pouso Alegre - MG. Sua proposta é lançar trabalhos de músicos locais e fomentar a cena musical da cidade com artistas de outros lugares do país e do mundo.
Para inaugurar nossa página no bandcamp, a Galope traz uma série de trabalhos realizados por seus artistas nos últimos 5 anos.
... more

contact / help

Contact GALOPE DISCOS

Streaming and
Download help

Track Name: Teresa
Tarde cinza vai, eu vi você passar
Indagora lembro como fosse já,
Parecia o próprio caos e que não tinha tempo
De repente, a tarde cai e volta o dia
De sair do canto, e a cantoria
Fez soar de novo um outro meio-dia
Mas tudo, então, voltou pro seu lugar
Outro dia, à tarde, no mesmo lugar
Indagora lembro feito fosse já,
De poder viver de novo o que não dera certo
e não fosse o riso, um raio de alegria
O rasgar do véu, do céu, da fantasia,
Acho até mesmo que jamais diria
Que tava já na hora de acordar
Rápido, rápido, rápido, Teresa ( 2x )
Rápido, rápido, rápido vem ver só
Quando você aparece o tempo esquece que deve passar
Rápido, rápido, rápido, Teresa ( 2x )
Rápido, rápido, rápido vem ver só
O grito que sai da janela não é só uma tela sem brilho e sem cor
Há um espaço entre o concreto e o abismo
Por onde eu passo
levo o que eu faço comigo
Lá eu vejo a vida
Há saída, há um nó
Lá eu vi Teresa
Era linda, era só
Como o vento forte sem orgulho e sem dó
Que passa e muda tudo de lugar
Rápido, rápido, rápido, Teresa ( 2x )
Rápido, rápido, rápido vem ver só
Quando você aparece o tempo esquece que deve passar
Rápido, rápido, rápido, Teresa ( 2x )
Rápido, rápido, rápido vem ver só
Rápido, rápido, rápido, Teresa ( 2x )
Rápido, rápido, rápido vem ver só
Track Name: Boa Morte
Tudo que é tão vivaz
E o que é tão fugaz
Um dia vai sentir o cheiro do chão
O tempo fica, nós que passamos
Tudo que é tão vivaz
Sempre estranho o fato de morrer

Não é tão distante este adiante
Eu sei contra o vento quantos passos são
Quando chegar o meu fim
Torço pra ser bom como é viver

Mas em cada vida sempre há tempo de brindar
E festejar a sorte de uma boa morte
Quando passa perto sei que um dia vem

Sei que às vezes é o vento
Sopra chama, incendeia
Sei que às vezes é a seca
Bem no leito da veia
Mas sei que é justo quando fujo
Fico forte quando a sorte vem

Quero tempo pra saber
Quero vida pra lembrar
Quem sabe oitenta e mais um pouco
Eu sei, mais tarde vamos todos lá
E quando me encontrar enfim
Que seja bom como é viver

Não é tão distante esse adiante
Eu sei contra o vento quantos passos são
E, quando chegar meu fim
Torço pra ser bom como é viver

Já não me preocupo tanto quando sigo em paz
Conto com a sorte de uma boa morte
Se partir dormindo sei que tudo bem

Sei que às vezes é o vento
Sopra a chama, incendeia
Sei que às vezes é a seca
Bem no leito da veia
Mas sei que é justo quando fujo
Fico forte quando a sorte vem

Se fui raro
Mas bem velho
Sem saída
Se for hora
Se for a última vez
Track Name: Castelos de Areia
Não sei o que acho
Da vida no espaço
Procuro um lugar como o mar
Penso como seria dentro da baleia
Escuro e abafado
Perdido e fechado
Não é tão diferente daqui

Claro que eu escolheria morar com a sereia
Em castelos feito muralhas
Muralhas feitas de areia

Ela cantar, me hipnotizar
Me fazer dormir, me fazer acordar
Deitado nas pedras, ao vento, ao luar
Sonhando com o mundo de Dona Yemanjá

Eu deixei pra trás
Amigos, meus pais
Fui enfeitiçado, não volto
Venham nos ver quando for noite de lua cheia

Em castelos feito muralhas
Muralhas feitas de areia
Track Name: Dia pela noite
Dia pela Noite
Davi Bernardo / Lauro Mesquita

Bate a luz na cara
Olho aberto, cor do sol
Ela fala pouco
Ao ouvir chamar seu nome

Cabelo atrapalhado
Corpo mole lento
Um jeito manso
De sentir que já é dia
Eu vou até lá
Pego sua mão
Linda
Ela ri

Chama-o pra dançar
Ela beija o meu rosto
Esconde a cara, perde a fala
Olha pra mim
Eu vou até lá
Puxo a sua mão
Vamos ver o sol

Até a cara de sono
Ganha o Brilho
E ela fica perto do sonho que eu inventei
Quando a luz do dia
Ganha brilho e chega
Se transforma num riso que eu só sonhei

Ela
Olha a tarde vem aí
Vem ver o só
Ah, a tarde vem aí
Vem ver só
Não sei que vou fazer
Acho que vou sair
Ah, levanta já daí
Meu bem, vem!

A tarde vai passar
Você só quer dormir
Ah, a tarde tava aí
Já se pôs o sol
Ah , a tarde
Já se pôs o sol
Sinto te dizer
Mas eu desisti

Ah...
Quando vou dormir
Uma da manhã
Ela
Desperta
Track Name: Sonhador
Hoje eu acordei sem lembrar
Do sonho que acabava de ter
Sonhei que era ninguém
Sonhei que era o Pelé
Sonhei que era um urso polar

Comia Frutas que eram azuis
Que começavam com a letra E
Ela era do bem
Eu era do mal
Voando pelo sistema solar

Bem longe da Terra
É o planeta dela
Como se chega só eu sei

Ah, só eu sei
Que existe uma vida
Num lugar
Que nasceu pra mim
E ainda que insistam, eu não conto
Volto amanhã
Quando as luzes da cidade se apagam
Vou voar

Ela me ensinou a voltar
Passei Saturno sem perceber
Na pressa de encontrar
Quase sem luz do sol
Achei que Saturno era um Pogobol

Bem longe da Terra
É o planeta dela
Como se chega só eu sei

Ah, só eu sei
Que existe uma vida
Num lugar
Que nasceu pra mim
E ainda que insistam, eu não conto
Volto amanhã
Quando as luzes da cidade se apagam
Vou voar

Ah, só eu sei, ah, só eu sei
Que este frevo que eu fiz
Não tem muito a dizer, mas diz:
Você é minha vida, minha casa, minha escola
E eu sou um sonhador
Apenas o que sou
É preciso dar um tempo ao tempo
É preciso ter o erro pro acerto
Eu queria estar contigo
Não mais só
Eu preciso de um abrigo
Me dê um
Track Name: Errante
Caminho velho alguém jamais passou
Poeira ao vento eu vou levar
O dia passa feito um raio
Nem sempre tudo acaba em gol

Entrou na área, foi chutar: errou!!!
Só quem é rei não pode errar
Pois tramam logo o xeque mate
Pras glórias de seu traidor

Mas nada é novo sob o céu
Nada é tão velho quanto o andar
Em busca de entender
Errar... errar...

Cadê Mariana,
Cadê Mariana que estava comigo?
Se por acaso alguém a vir
Mande notícias de onde está
Dizendo tudo que não fez
Com medo de perder
E errar... Errar...

Caminho velho alguém jamais passou
Peço licença, eu hei de andar
O dia passa feito um raio
Nem sempre tudo acaba em gol
Track Name: Nós
Se eu tivesse um barco não estaria aqui
Desculpe é verdade, não posso mentir
Mesmo longe de você se eu sobreviver
Não tente esquecer quem sou eu
Quem sou eu, sou eu

O barco não tenho nem nunca vou ter
O que disse antes foi só pra te encher
Mas dessa vez não vou te mostrar
Você tem que achar lá dentro quem sou eu
Sou eu

Eu não sou nem você é
Alguém que na vida
Nas curvas que ela faz
Não errou

Me lembro de muitos anos atrás
Você dançando passos banais
Eu um moleque sonhava acordado
Mas só o passado me diz quem eu fui
Quem eu fui

Eu não fui nem você foi
Alguém que na vida
Nas curvas que ela faz
Não sonhou
Track Name: Nova Fronteira
Lá longe, no fim da estrada
Há uma nova fronteira e não há nada

Só segue novo destino
Quem puder passar a encruzilhada

Mas tem a sombra, mas tem o mesmo
Mas tem o sono, o medo de enxergar

Lá, bem lá, do lado de lá
Vem ver o sol chegar
Lá bem lá de trás o sol voltou pra nós

Mas tudo que tem se acaba
E nada que foi um dia volta
Lá fora o vento sopra
Sem a direção da minha casa